Kratom e a retirada dos opiáceos

Kratom e a retirada dos opiáceos

Clique aqui para ler a versão original em inglês

“Relatos do Kratom” é uma série de entrevistas do KratomScience.com com pessoas que usam kratom para ajudar a lidar com a dor, depressão, ansiedade ou dependência de drogas. Entre em contato conosco no Twitter @kratomscience ou pelo e-mail do Brian ([email protected]) se você gostaria de contar a sua história.

AVISO: Este artigo é simplesmente uma coleção de comentários postados na nossa página por ex-viciados em opioides. Ele não pretende ser um guia definitivo. Os utilizadores de opioides devem fazer o máximo de pesquisa possível sobre o kratom antes de tomarem a decisão de adquiri-lo. Encorajamos qualquer pessoa que leia isto a ter muito cuidado, pois a mitragina, o alcaloide ativo mais abundante do kratom, poderia inibir o metabolismo de certas outras drogas, de acordo com este estudoA maioria dos ex-viciados em opioides que comentam aqui sugere primeiro o desmame dos opioides, e depois a introdução de pequenas quantidades de kratom para lidar com as síndromes de abstinência.

O Dr. Christopher McCurdy, que estudou extensivamente o kratom na Faculdade de Farmácia da Universidade da Flórida, disse isto sobre o uso da kratom para a retirada de opiáceos num artigo da WebMD:

“Eu definitivamente creio que seja legítimo o uso do kratom para o autotratamento de um vício em opiáceos. Acredito nisto partindo do princípio do material que sabemos ser puro, não adulterado e bom. Só não sei se todos os produtos disponíveis são consistentemente puros e bons”.

As pessoas que usam kratom normalmente não têm síndrome de abstinência, diz McCurdy, o professor da Universidade da Flórida.

“Ele ajuda a deter seus desejos de voltar aos opiáceos, e também ajuda com seu humor”. Eles se sentem bem. Eles mencionam que não se sentem preguiçosos como quando seguem as receitas de opiáceos ou estando viciados em opiáceos. Eles se sentem mais produtivos e fazem coisas que amam novamente, retornando a um estilo de vida normal”.

A pesquisa de McCurdy com ratos mostra que o kratom tem um claro potencial para tratar a abstinência de opiáceos com poucos efeitos secundários.

“É provavelmente viciante, mas seu equivalente viciante é algo como o café, o que não é surpreendente porque a folha é da família do café”, diz McCurdy. 

“Acreditamos firmemente que ele será muito bom para tratar a abstinência de opiáceos e que pode ser uma possível solução para a epidemia de opiáceos que estamos enfrentando como país”.

Mas ele diz que isso exigiria testar o kratom em ensaios clínicos e estudos controlados. Ele tem esperança que isso aconteça nos próximos 5 a 10 anos. Por enquanto, ele avisa os compradores para terem cuidado.

“Você não sabe o que está usando, e eu acho que isso é o assustador de entrar em autotratamento. Por outro lado, posso dizer a vocês que recebo pelo menos um e-mail por semana de alguém tomando opiáceos ou heroína que afirma ter conseguido escapar dessas drogas usando kratom”, diz McCurdy.

Abaixo estão apenas alguns dos comentários postados no KratomScience.com de pessoas que usaram kratom para ajudar a ficar longe dos opioides. Todos eles foram postados nas nossas páginas apenas no último mês. A maioria foi postada nesta página, e nesta página. Centenas de mais experiências com o uso do kratom para a retirada de opiáceos foram postadas nas páginas acima. Uma vez que as páginas e contas relacionadas com o kratom são constantemente encerradas nas redes sociais, estamos atualmente trabalhando no nosso próprio fórum onde os consumidores de kratom podem falar sobre esses assuntos especificamente, e tornar mais fácil para aqueles que procuram ajuda, de encontrá-la.

Comentários de ex-viciados em opiáceos

“Eu estou livre dos opioides há 6 dias, graças ao kratom. Sem efeitos de abstinência. Estava tomando morfina 30 mg, 3x por dia e Percocet 10mg, 2x por dia. Tive de reduzir a minha morfina cortando pela metade durante vários dias antes de tomar o kratom para que a síndrome de abstinência não fosse tão ruim quando mudasse para o kratom. Serviu como uma luva. Fiquei muito bem e, até agora, mal sinto 95% de qualquer retirada… Mais uma vez, lhes desejo sorte”. – Bindi

“Eu sugeriria 5 gramas da variedade Red Bali pela manhã, à tarde e antes de dormir para tirar o fôlego da abstinência”. Se os sintomas da abstinência ainda forem muito severos, aumente a dose em 1 a 2 gramas cada dose. Depois de 7 dias, reduza a dose e continue até que a PAWS (síndrome pós-abstinência aguda) diminua”. – Corde

“Esta é uma das coisas mais difíceis de se fazer, mas vale muito a pena. Por causa do Fed procurar reprimir as pessoas que estão dando informações de dosagem, eu decidi enviar uma mensagem em vez de responder nos comentários. As variedades vermelhas são as melhores para as retiradas, juntamente com uma pequena quantidade de verdes para um aumento de humor e energia sem efeitos secundários. A microdosagem pode ser a melhor maneira de começar. O seu amigo precisa saber como decide consumir o kratom. Em cápsulas, em pó ou fazendo um líquido. Eu tomava comprimidos para enjoo, Gatorade, pequenos petiscos (pretzels/batatas fritas) para os desejos de salgados/doces. Beber um monte para não desidratar. Eu começaria também a tomar magnésio e potássio (para RSL e esses suplementos que se perdem rapidamente em nosso corpo). Minha sugestão é comprar um quilo dividido de algumas maneiras. RMD (Red Maeng Da), para mim, é o melhor. Tente 3 gramas para começar, se eles precisarem mais, então mais uma grama. Com doses cada 2 horas. Eu acho que usar variedades vermelhas para começar é o melhor. O verde pode ser usado em um dia ou outro para energia, mas misture com o vermelho. Se o seu amigo precisar de mais, OK, todos são diferentes. Se você toma demais, vomita, mas você pode começar de novo. Beliscar bolachas, de qualquer tipo, vai ajudar. O maior problema é a dor corporal e o vômito. Desejo ao seu amigo uma transição suave”. 🙂 – Teresa

“Deixei de tomar o meu Suboxone 2mg por dia na semana passada. Foi muito difícil mesmo com o kratom tailandês verde que eu estava usando. Eu estava tomando 1 colher de sopa de kratom a cada 4 horas durante quase 5 dias. Estive tomando Suboxone por 12 anos. Sair do Suboxone foi uma das coisas mais difíceis que já fiz. Espero que a sua tentativa funcione, mas se não funcionar, não desanime, porque você pode tomar quantidades muito baixas de Suboxone e diminuir a sua tolerância, como eu fiz. E aí você pode fazer outra tentativa com o kratom e obter resultados melhores. Espero que esta informação te ajude a ficar FORTE”. – Jason

“Você pode se livrar do Suboxone e passar por zero efeitos de abstinência, a não ser estar um pouco cansado, e o kratom pode ajudar a compensar qualquer uma dessas coisas. Eu desmamei 16 mg de Suboxone por dia retirando-o lentamente. Nos dias em que me sentia um pouco grogue, o kratom ajudava muito. O segredo é desmamar devagar”. – Adimusmaximus

“Eu saí dos sintomas de abstinência da metadona 150mg. Depois foram mais 4 semanas firmes para derrotar heroína e fentanil. O kratom tirou tudo. Tinha que administrar 10-15g logo pela manhã com um Maeng Da de alta qualidade. Whole Herbs ou OPMS têm sido as minhas 2 marcas de kratom mais fortes. Ah, e tomar outra dose, talvez 5-6g a cada 4-6h. Escute o seu corpo e você vai saber quando voltar a tomar outra dose. Também olhe para os potenciadores e você pode baixar as quantidades porque que a sua tolerância vai aumentar rapidamente após o uso diário. Comprimidos de cúrcuma com pimenta negra da CVS (rede estadunidense de farmácias) literalmente duplicam o efeito, portanto tenha cuidado. Espero que isso ajude…” – Jason L

“O kratom ajuda significativamente a facilitar as retiradas de opiáceos, através de seus alcalóides, associando-se temporariamente (em vez de se conectar) aos receptores de opiáceos. Ele não adia a síndrome de abstinência simplesmente. Ele não vai fazer tudo por um viciado em opiáceos em recuperação, mas pode fazer uma diferença suficientemente grande para ser vida x morte para o usuário”. – Lei

“Ei! Eu fui uma usuária de heroína intravenosa durante 5 anos. Não importa o que você faz, desintoxicar é assustador e uma droga, mas estar limpa é a melhor coisa do mundo. O kratom definitivamente diminui a tensão, e o sono chegava mais cedo. Eu fiquei algumas semanas sem dormir. O meu marido e eu preferimos Maeng Da, pó solto. Como você é um usuário pesado, provavelmente precisará de uma dose mais forte de kratom para tratar os sintomas de abstinência. Não cometa o erro de exagerar, esperando uma sensação mágica de opiáceo porque não funciona como o uso de heroína. Você vai se sentir uma merda. Comece com uma colher de chá e meia. Eu misturo no suco de laranja. Espere uma hora e tome mais se necessário. Cada dosagem humana varia, então vai ter um pequeno período de tentativa e erro até encontrar a sua dose pessoal. Meu amor e boas vibrações para você e sua jornada de ficar limpo. É a coisa mais difícil que me fiz passar e levei anos tentando ficar realmente limpa. Sinta-se à vontade para me enviar um e-mail se você tiver dúvidas ou precisar de apoio”. – Josee [email protected]

“Atualização: já estou tomando kratom há 1 semana, saIndo da metadona e uau, não só estou desintoxicando como também tenho muitas dores devido a um nervo ciático comprimido que mal me deixa andar, e ele ajuda com as dores e não sinto nenhum sintoma da desintoxicação, a não ser que eu deixe de tomar o kratom por mais de 6 horas, aí começam dores na barriga e nariz escorrendo etc… 4 mg de Gold Bali, que é uma combinação de variedade vermelha com um pouco da branca, para ter um pouco de alcalino, e você se sente um pouco mais esperto, na falta de uma palavra melhor… Lol. Enfim, estou tão contente por ter lido este fórum e ter conseguido sair das porcarias do governo, que são uma merda do inferno… Eu tentei algumas outras coisas compradas em postos de gasolina, mas nada de bom, dei um Google e encontrei uma loja de kratom com boas críticas de 5 estrelas, e foi lá que eles recomendaram o Bali, e enorme diferença da porcaria dos postos de gasolina… Altamente recomendável para dor e desintoxicação, é uma boa combinação das variedades vermelha e branca. Comece com cerca de 4 mg, espere 15 minutos, aumente se necessário. Você vai aprender os seus limites rapidamente. Você vai sentir um efeito eufórico cerca de 10 minutos depois de ingerir, quando a dor e a desintoxicação desaparecem tão rápido, que é agradável por 1 momento… Espero que isto ajude outros, como este fórum me salvou melhor do que o centro de tratamento de drogas PAR fez, mas eu recomendo que você ainda consiga algum tipo de terapia religiosa, de apoio emocional ou grupo de apoio como AA. Eu fumo maconha também com ele, e sem efeitos colaterais. A maconha me ajuda a não pensar nela e desejar, e me ajuda a dormir etc. Enfim, eu vou atualizar depois. Espero não estar com o kratom por mais de um mês. Eu vou atualizar depois. Obrigado a todos”. – MadMatt

“Já passei por isso, já fiz isso (acima de tudo)! Uma loucura como a maioria de nós tem a mesma história! Desmamei dos Oxis e tenho tomando uma dose diária de kratom, e ele é um salvador de vidas! O meu marido é um dr. cético em relação ao kratom porque não é aprovado pelo FDA, mas tem estado comigo durante os meus 12 anos de dores crônicas nas costas, e me apoia, porque o kratom é a única coisa que reduz a dor e evita que eu esteja constantemente lamentando sobre o quanto dói. A única coisa é que se encontrarmos um diagnóstico para as minhas dores nas costas e descobrirmos uma forma permanente de curar o problema, e fazer desaparecer a dor, vou ter que me desacostumar também do kratom. Às vezes, quando acordo e não tomo o meu kratom vermelho à noite, antes de ir para a cama, sinto o meu corpo passar pela síndrome de abstinência na manhã seguinte; são os mesmos efeitos que acontecem com o desmame dos opiáceos. Embora não veja a hora que tenha uma solução e eu não seja mais dependente de nada, estou grata pelo que o kratom fez por mim nos últimos três anos, e não sei o que vou fazer se eles proibirem esse produto. #KratomBeliever” – Shannon

“Estou no mesmo barco, comecei com o vício de heroína intravenosa de novo, 3 meses, nem sei bem porquê. E fui e comprei um Red Bali recomendado por uma loja de kratom onde eu moro, mas uma headshop. Abençoado por ter acesso a essa loja, em primeiro lugar. Mas eu tenho medo de tomar só o kratom e nada mais. Estou aqui sentado lutando para não fazer um shot de heroína à toa. Eu acabo de tomar duas colheres de chá (aquela colher de plástico transparente que eles te dão com seu copo de kratom em pó), não tenho certeza, mas eu acho que isso equivale a 5 gramas? Queria entender o sistema de medição um pouco melhor. Mas eu queria te escrever isso, mesmo não te conhecendo, você não está sozinho. O meu vício pode não ser muito antigo, mas ainda há o medo intenso do inferno se deixar a heroína. Há 14 anos que luto contra opiáceos continuamente. Continuo dizendo para mim mesmo que preciso me dar uma oportunidade. Vou ser honesto, estava tomando 4 cápsulas de kratom OPMS de uma headshop por mais ou menos um ano antes de voltar à heroína. E comecei a tomar por pura curiosidade. Estava limpo de tudo havia seis meses antes de tomar as cápsulas do kratom OPMS (logotipo de folha roxa), e acho que acabei de comprar um pacote de dois e caguei, porque é isso que nós viciados fazemos, ou pelo menos eu faço. Vou tentar usar e esperar que essa droga seja controlável”. – Mr. Friday

“Estou tomando Suboxone há cerca de sete anos. Fiz isso para sair de um vício de 3 gramas intravenosos por dia. Sim, ele salvou a minha vida na época. Parcialmente, suponho. Ao longo dos anos eu tentei tudo e todos os meios conhecidos para sair de opiáceos, em vão. Eu até tentei ibogaína. Duas vezes. Funcionava para opiáceos normais (heroína, na época), mas não para o Suboxone. Infelizmente tive uma recaída após a ibogaína ter funcionado pela primeira vez enquanto desmamava a minha mulher. Também usei uma lâmina de barbear e cortei uma de 8 em 32 partes. Mesmo 1/32 de Suboxone de 8 mg uma vez por dia produziu as piores síndromes de abstinência que eu já experimentei quando parei. Na verdade eu fui para a cadeia por 14 dias (estou dispensado. Honestamente não fui eu!), e quando saí ainda estava tão doente quanto antes. Se você está pensando em mudar para substitutos, eles podem parecer um salva-vidas, mas não são. É um contrato vitalício para a grande maioria das pessoas. Certamente o mais difícil de chutar, e eu já fiz o sacrifício. Eu até já vi anúncios para DEIXAR o kratom com Suboxone. Esse é o sistema de saúde doente que temos nos EUA. Desde que tenham um novo cliente, não se importam. Odeio dizer isso, mas eu sou relutante quando se trata da retirada de opiáceos, neste país pelo menos, não ouçam os profissionais médicos. É muito provável que eles tenham tido muito a ver com a sua atual situação difícil, para começar!

Agora as boas notícias… Acreditem ou não, eu descartei o kratom há muito tempo por pensar que era fraco demais para ajudar o meu tipo de vício. Contudo, recentemente, tenho lido muito sobre ele e decidi experimentá-lo. Não é apenas sobre preencher os receptores de opioides. Olhando para pesquisas atuais e as áreas de efeitos do kratom no cérebro, eu juraria que isso foi feito para a retirada dos opioides. Há 15 dias atrás tomei 1/3 de uma tira de 8mg pela última vez. O kratom é a única coisa que encontrei que tornou a abstinência de Suboxone suportável. Na verdade, me sinto perfeitamente bem neste momento. Como cientista, tenho tendência a ser muito metódico na abordagem e baseio qualquer abordagem em estudos significativos. O vício e a bioquímica etc., não são o meu campo, mas seja por placebo ou função, a minha abordagem tem funcionado até agora. Aqui está o que ele está fazendo por mim. Ei, eu não recomendo apenas seguir o que outra pessoa está fazendo. Especialmente o que eu estou fazendo. Vou te contar o que estou fazendo e depois divagar sobre o porquê e os riscos envolvidos. Tome as suas próprias decisões. Sério. Pode não ser o meu caminho, mas há um caminho de volta para uma vida melhor.

Meus piores e mais insuportáveis sintomas são músculos inquietos, arrepios, falta de energia, desesperança, sem apetite, mas eu NÃO tenho desejo de opiáceos. Se o último se aplica a você, te recomendo muito que você continue com o que tem até fazer terapia, e que esteja num momento no qual isso seja a última coisa que você quer. Estou deixando os substitutos, e estava tomando há tanto tempo que os receptores que estão gritando para serem ativados diferem significativamente dos opiáceos. A buprenorfina é uma forte antagonista dos opiáceos kappa. A mitraginina é, na verdade, uma forte aglutinante e agonista kappa. A ação agonista kappa está associada à resposta da aversão. A sálvia nos faz não querer outra coisa, ativando esses receptores nos accumbens. Quanto aos receptores mu, a ação agonista parcial é a mesma, mas a afinidade é muito menor entre o kratom e a buprenorfina. Adicionalmente, há uma ligação decente com receptores de 5-ht usando o kratom. Estes receptores regulam o humor, mas também modulam as respostas dos neurônios. Eles também relaxam o tecido muscular.

Comecei a tomar o kratom um dia antes de parar com o Suboxone. Acho que isso não é importante a não ser que você não tenha certeza se consegue tolerar o kratom. Quando parei com os opiáceos, comecei a tomar 6 gramas de Red Bali em pó a cada 5 horas. Lembre-se que ele demora um pouco para entrar em ação. Por isso, tome uma hora antes de qualquer síndrome de abstinência antecipada. Recuperar o atraso não é divertido e realmente estraga o meu dia todo. Eu não me sinto bem durante 24 horas. Além disso, tome os medicamentos de conforto que precisar. Loperamida (especificamente ela porque também serve para substituir a dopamina no seu corpo. Na verdade, é uma molécula de dopamina modificada). Para relaxamento geral fume maconha, mas eu acho que ficar leve funciona melhor do que tentar fumar a mim mesmo até entrar em coma. Tenha em mente que muitos dos transmissores que o seu cérebro precisa para que você sinta a euforia das drogas estão ausentes, então algumas das coisas que você mais gosta podem passar a sensação de muito nervoso e desconforto. Aqui está o controverso. Se você tiver algum problema com os estimulantes, nem sequer pense nisto, por favor. Isso não está sendo feito para abusar, mas num esforço para fornecer dopamina ao cérebro para que você seja capaz de sentir conforto, alegria ou esperança. Sinto dizer, mas as anfetaminas se assentam nos receptores e imitam a dopamina. Como você não está produzindo nenhuma, agora a única maneira que eu conheço (a menos que você seja um paciente de Parkinson) de conseguir isso é através de anfetaminas e metanfetaminas. Toda as classes fazem isso, mas estes são os mais simples e mais antigos, e sim….. Têm os menores efeitos colaterais além do potencial de abuso. Os outros são menos viciantes, mas têm consequências muito piores a longo prazo. A anfetamina é um simples anel de carbono com um cpl mais átomos. Mas sim, faça isso o mínimo possível. Eu usaria 10mg de metanfetaminas em um período de 24 horas se eu fosse usá-la. Isso é uma dosagem terapêutica. Nem um décimo de um grama ou uma linha. É um grão, na verdade. Você não vai ficar chapado, mas vai notar que o sol ficou um pouco mais brilhante e vai sentir um pouco de alegria. No 7º dia, comecei a baixar 1 grama por dia do kratom, e o plano é adicionar 2 horas adicionais no intervalo das doses, dia sim, dia não, até que eu baixe para 2 gramas uma vez por dia, e depois eu deixo. Estou na marca das duas gramas por dia, mas continuo com a dose três vezes por dia, então faltam mais alguns dias para deixar. Eu não prevejo muito mais do que insônia e alguns sintomas leves por um dia ou mais. Espero 😉

Posso dizer honestamente que, além de coisas que eu consideraria lamentações (pessoalmente, lamentações…. Eu sei. Isso não é frescura!), todos os meus sintomas desapareceram depois do dia 5-6. Quaisquer sintomas ocasionais que surgiam eram facilmente descartados. Eu só usei estimulantes 4 dias. Eu fumava maconha diariamente antes e ainda o faço, mas não pelas razões de alívio da abstinência agora. Os medicamentos de conforto pararam no segundo dia. Ainda não durmo bem, mas estou dormindo surpreendentemente pelo menos 3-4 horas de cada vez. Eu, pessoalmente, não tomo os medicamentos para dormir, pois acho eles viciantes. Quando eu parar, são 3 semanas sem dormir, então digo, por que me preocupar?

Deseje sorte para mim, pois te desejo o mesmo. A vida com opiáceos é um inferno. Não é um defeito pessoal, uma questão moral, e certamente não é o que alguém no seu perfeito juízo se esforçaria para alcançar, e o mundo precisa parar de nos julgar como se fosse isso. CERTAMENTE não deveria ser um crime por si só ser viciado e possuir aquilo que uma pessoa está patologicamente viciada! Você (e eu) merecemos as nossas vidas de volta. Desta vez eu acho que é a solução para mim… Parece. Mas se não for, pode apostar que voltarei com um plano diferente, mais compromisso ou o que for necessário, até que eu tenha sucesso. Esta não é a vida que nós merecemos”.

– K3nnyg

“Eu tenho que dizer a todos vocês agora mesmo, FAÇAM DETOX. PRIMEIRO, ajuste o seu corpo e a sua mente. Confie em mim, quando saí disso, senti que não me sentia há 9 anos. Me senti novo. Me senti bem. MAS a minha dor ainda estava lá. Então eu perguntei sobre o kratom. Me recomendaram o kratom vermelho Maeng Da. Comecei a tomá-lo no dia seguinte. Isso não é brincadeira, eu nem sequer pensei em tomar analgésico. Ele parece ter ajudado com a dor e a clareza da cabeça. Até agora, ótimo. Experimentei primeiro em forma do comprimido, mas como tenho 1,88 e 93 kg, e as dosagens que eu costumava tomar, mudei para a versão chá. Eu uso uma colher cheia e faço um chá quente com uma caneca de bom tamanho. E funciona muito bem. Alguém mais tem estes resultados?”. – Dizzle

“Eu tomei Adderall, praticamente todos os opiáceos. Eu tenho 5 meninos (agora) e realmente queria sair dos opiáceos que me receitaram. Tanto Adderall como Percocet se tornaram um vício. Eu não conseguia funcionar sem eles e eventualmente tomava mais do que o prescrito. Minha médica parecia se importar mais com o dinheiro, me mantendo nos opiáceos e, eventualmente, mudava apenas o tipo de opiáceo, mas nunca me tirava. Um dia pedi uma amostra de kratom, que não fiz pesquisa suficiente, e tomei 1 e depois 2 cápsulas de 0,5 mg cada. Naturalmente não ajudou em nada com a dor e precisei tomar Percocet. Alguns meses depois, como se fosse um “sinal”, todo posto de gasolina e smoke shop estavam vendendo kratom. E muito barato. 85 g por 18,99 de Bali, ou Bornéu, ou Maeng Da, nada mal! Eu comprei um pacote. Tomei 2 colheres de chá cheias (cerca de 5-6 gramas), 15 minutos depois a minha mente e o meu corpo sentiram alívio da dor, energia e motivação. Foi como se eu tivesse tomado um Adderall e um Percocet ao mesmo tempo. Tenho usado kratom para a dor desde então. Ele realmente mudou tudo para mim. Também ajuda muito com o meu humor, mas naturalmente. Os opiáceos criam a sua própria “felicidade” ao produzir dopamina (sintética), enquanto o kratom recruta receptores naturais. Tem sido uma transição fantástica para mim”. – Johnny RN

“Comprem o kratom Maeng Da… Tomem uma colher de chá a cada hora até que você não se sinta mais tão mal.

O risco de tomar kratom versus ser viciado em opiáceos intravenosos não é sequer mensurável.

Quando eu estava deixando o vício de 5 anos tomando 450mg por dia de oxicodona, eu tomava uma colher de chá de manhã e uma à noite, DEPOIS eu fiz um desmame de 14 dias até 60mg sem qualquer ajuda. A minha namorada, uma manhã, preparou a minha dose para mim e usou uma colher de sopa e colocou o dobro, achando que eu não estava a tomando o suficiente. Não teve efeitos nocivos. Só descobri quando discuti as doses com ela e a possibilidade de ter uma overdose.

Não use o kratom enquanto você ainda toma uma dose ‘normal’ de opiáceos. Tome o kratom como uma muleta apenas quando você se sentir muito mal por causa da abstinência. Se você fizer isso, não vai ter efeitos negativos do kratom, ele funcionará apenas como uma ferramenta. E se você tomar uma dose de kratom, não espere sentir-se “bem” enquanto estiver em abstinência, ele apenas te alivia e te ajuda a dormir e, no início, apenas 10 a 20 minutos após a dose, pois o tempo passa a significar dias… Espere poder dormir mais tempo, e assim que você conseguir dormir algumas horas, comece a reduzir a dose de kratom para não ficar viciado no próprio kratom, o que é muito improvável pela minha experiência.

Não existe almoço grátis, o kratom não vai fazer por mágica que a abstinência de adaptação desapareça completamente. Não se engane, Suboxone e metadona ou próximos me adiaram a retirada por causa de sua meia-vida.

Se o meu post ajudar uma única pessoa, já estou feliz. Quem me dera saber sobre o kratom há anos”.

– Someone

“Isso aconteceu comigo (com analgésicos durante anos – acabei sofrendo mais com eles). Em vez disso, usei o kratom – ajudou imensamente para a minha retirada. E tem propriedades analgésicas. Você ainda pode tomar os seus analgésicos mas mantenha um tempo entre o uso deles porque o kratom se adapta aos seus receptores opiáceos, então os analgésicos podem não funcionar tão bem, mas você não vai precisar deles com tanta frequência ou com uma dose tão alta. Acabei de me libertar completamente (eu tomava metadona para as minhas dores, e foi provavelmente o que causou a minha insuficiência cardíaca e outros efeitos secundários horríveis). Agora normalmente só uso o kratom para as minhas dores. Ele realmente salvou a minha vida. Eu estava com insuficiência cardíaca e não sabia disso (o médico achava que eu era jovem demais, embora eu tenha dito a eles que parecia uma insuficiência cardíaca, e eu fui técnica de emergência médica no nosso serviço de ambulância por mais de oito anos), se eu tivesse acabado de tomar os medicamentos horríveis para a dor que eu tinha no meu coração, ele teria parado definitivamente e eu não estaria aqui hoje. Não posso enfatizar as muitas maneiras que o kratom me ajudou e a muitos membros da minha família”. – Michele

“Eu estava tomando oxicodona há 7 anos. Tentei desmamar várias vezes, mas os sintomas da abstinência eram insuportáveis. Comecei a tomar kratom branco Maeng Da há 5 meses e não tomo um comprimido desde aquele dia! Funciona mesmo! Além disso, eu tenho energia e ele eleva o meu humor. Misturo num copo de água. Tomo de estômago vazio. Experimente 2 gramas (colher de chá) para começar. Espere 30 minutos. Se você não sentir nada, tome outra grama e espere mais 30 minutos. Tome outra grama, se necessário, até encontrar a dose perfeita. Os efeitos devem durar 3-6 horas. Boa sorte! Salvou a minha vida!” – Steve

“Acabei de deixar a metadona depois de estar com ela há mais de 10 anos para o controle/vício da dor. Minha recomendação é não tomar kratom enquanto estiver tomando opioides. No dia seguinte depois de parar, comece com a kratom. Tente o Gold Bali. Tome 3 colheres de chá e tente que o seu médico te receite Gabapentina/Soma/Clonidina. Tome o kratom com água quente (cerca de 240ml de água). Estou há 16 dias sem metadona e me sinto muito bem considerando isso. Essa combinação é algo que eu fiz a partir da experiência passada e que funciona. Realmente ajuda”. – Thomas

“Pessoal, eu sou um sujeito que superou a dependência de opiáceos com o kratom. Posso dar a vocês toda a informação que precisam, e adoraria ajudar. Enviem um e-mail para [email protected]”. – Davey Gravey

“Tomei 120mg de metadona durante anos. Você tem que começar baixando 10mg por semana. Você não vai começar a se sentir mal até chegar aos 50mg. Então esperei até estar em abstinência por mais de 24 horas e depois comecei com o Suboxone. Depois diminuí os substitutos pela metade e logo por quartos, e então comecei a tomar kratom. Deixar de uma vez 115 de metadona não é recomendado de jeito nenhum. Eu escapei da fúria da abstinência desta forma, e fui um viciado terrível em heroína intravenosa em Nova York durante décadas. Comecei a dividir os seus substitutos em metades e depois em quartos. Foi assim que eu fiz. Depois comecei a usar kratom e não tive nenhuma abstinência séria”.  – Jimmy

“Tenho tomado kratom diariamente há exatamente 2 anos, e já tenho 38 anos. Eu já estava viciado em analgésicos, e isso foi por 11 anos até agosto de 2017. Agora, eu também era uma pessoa de extremos, e tinha tomado apenas metadona durante os últimos 5 anos do meu vício, que entre a ida às clínicas e as minhas tomadas dava 200 mg por dia… Alguns dias me lembro de ter tomado 290mg, e não conseguia nem pensar em qualquer tipo de trabalho, levantar da cama, socializar etc., sem ela. Não posso nem descrever como isso me fez mal… Sou mecânico industrial e trabalhei muito ao ar livre com todo tipo de clima etc. a maior parte da minha vida; tenho cerca de 1,80m e tinha ao redor de 118kg quando parei. 

Agora, quero que você entenda que só há um de você no mundo, e sabe… O que as pílulas te proporcionam; ficar chapado, euforia, socialização, trabalho, estar mais feliz e, claro, alívio da dor. Agora, para mim, fui apresentado ao kratom por outro ex-viciado só em uma conversa um dia, e tinha perdido toda a minha vida, família, trabalhos ótimos, amigos, coisas materiais, crédito, liberdade, orgulho próprio, ou seja, não me importava naquele momento. Visto que eu tive overdose duas vezes nos últimos dois meses, eu quis pesquisar sobre ele e, cara, eu estava em uma situação da qual não fazia a menor ideia. Ou seja, eu sou de uma cidade menor que não tinha quase nada, e ninguém ao redor sabia o que eu estava procurando, e então eu comecei a pesquisar tudo o que podia e, para ser honesto com você, teve algumas vezes que eu só continuei fazendo isso em vez de recair porque era algo legal e eu podia trabalhar, e podia levá-lo comigo, e não tive nem metade dos sintomas da abstinência. Eu também podia geralmente ir a qualquer cidade para trabalhar e buscá-lo em um head shop local etc. 

O seu corpo grita como um bebê pela metadona, e o seu corpo fica tipo: “que raio é essa merda que você acabou de colocar em mim?”. Li várias vezes que as pessoas podem ter dores de cabeça bem ruins e náuseas etc., quando começam a tomar, porque o seu corpo está tentando se adaptar, e faz isso rápido, mas para mim não aconteceu nada disso. Avançando até hoje, eu garanto que se você está tomando metadona e 130mg por dia, você está definitivamente indo no caminho certo, e é 70% mais fácil deixar e não querer pensar nisso, sonhar com isso etc. 

Eu estava tomando Suboxone, Subutex e Xanax, e nada me fez ajustar o desejo até o kratom. Recomendo muito o Maeng Da ou Green Malay… É questão de tomá-lo e em 15 minutos você pode estar calçando os sapatos, escovando os dentes, falando etc… Se sentindo normal… Depois de tomar kratom por talvez 1 a 2 meses, o seu corpo vai voltar ao normal, e você pode tomar um dia se não tiver escolha e não faltar no trabalho, ou se for algumas horas depois de se levantar, você vai ficar bem. Agora, pessoalmente tomo o kratom 2 vezes por dia, mas tenho vários amigos, para quem o apresentei, que podem tomá-lo 4 vezes por dia, mas a diferença é que uma dose pode ser de 2 a 8mg se for kratom de folha triturada. Eu tomo pó, é o mais fresco que se consegue, e a sensação é mais forte… O kratom se torna bom e energético porque secou durante um tempo mais curto, então pessoalmente tomo uma porção enorme de 10g de manhã, mas pelo menos é isso pelas próximas 12 horas, e os meus amigos podem tomar 3g 3 vezes ao longo dessas 12 horas, então todos são diferentes… Eu, pessoalmente, agora compro em quilos e tenho cerca de 4 variedades que gosto, por isso tenho vários quilos de tudo junto… É muito mais barato e é definitivamente mais fresco assim 95% das vezes. Agora, se você está tentando apenas obter alívio da dor e sentir a euforia, e você não está se importando com nada mais agora, então você precisa do clássico bem conhecido Red Bali, com certeza é o mais forte aliviador de dor e a melhor sensação do mundo, por quanto mais tempo você tomar e sem a metadona, você vai continuar sentindo mais e mais completamente o oposto de dor. Tomo ele como a minha 2ª dose à noite depois de tomar banho etc., e a noite inteira é ótima, e tenho apetite, mas não como demais como fazia com a metadona. 

Eu tinha um peso consistente até começar a tomar analgésicos e, definitivamente, depois que passei da Roxie para a metadona, aumentei de 79 para 131; agora estou com 82 novamente e, honestamente, nunca mais penso nos comprimidos. Ou se estou perto de um, eu poderia ter 2000 dólares no meu bolso e nem cogitaria comprá-los etc. Ele salvou a minha vida, tenho certeza disso. Agora, tenho certeza que há todo tipo de opiniões e o que quer que seja, mas talvez vocês dois possam ter muita sorte e ter suas vidas de volta, e lembrem-se que é uma folha de uma árvore, que não é feita num laboratório ou numa empresa farmacêutica. Os químicos não pertencem a eles para que controlem esses receptores de forma tão forte. Espero que este longo comentário seja útil para todos vocês e para qualquer outra pessoa que possa ser. Deus os abençoe e os mantenha de cabeça erguida. Não é fácil, mas vocês não estão sozinhos e, juntos somos mais fortes, meu amigo. Se cuidem, do Ga”.

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta